Inovação jurídica: mudanças e tendências

Em uma realidade onde tudo tende a ser mais rápido e onde evitamos burocracias, quando falamos sobre questões jurídicas a primeira reação é sempre a de receio e aversão.

Assim, para acompanhar as mudanças que influenciam os diversos setores de prestação de serviços, já era hora de a área jurídica passar por ajustes que se baseiam em inovação e acessibilidade.

Pensando nessa demanda, um conceito que está dando o que falar é o de inovação jurídica.

O que você sabe sobre esse assunto? Como ele pode se aplicar à sua empresa?

Com essas e outras dúvidas para solucionar, a equipe Bits preparou um conteúdo informativo com tudo o que você precisa saber sobre esse tema.

Acompanhe abaixo e boa leitura!

O que é inovação jurídica?

A inovação jurídica pode ser definida como o conjunto de ferramentas que permitem ao advogado aperfeiçoar a sua atuação.

Sempre tivemos a associação do setor jurídico a conceitos como morosidade e burocracia; e a inovação jurídica chega justamente para mudar esse cenário.

Buscando mais agilidade e eficiência nos processos jurídicos, as ideias nessa área combinam recursos tecnológicos e conhecimentos atualizados para ajudar na rotina dos escritórios.

Com as recentes mudanças na forma de trabalho nas mais variadas áreas, principalmente com a popularização do trabalho remoto, ficou ainda mais evidente a necessidade de uma transformação, por meio da inovação, na área jurídica.

Qual a importância da inovação jurídica?

Desde diversificar a forma de atender o cliente até ser um destaque com relação à concorrência, a inovação jurídica se tornou essencial para empresas que querem tornar o jurídico mais eficiente.

Cada vez mais departamentos jurídicos desejam abandonar o rótulo de tradicionalismo e conservadorismo, trazendo serviços do Direito de maneira mais compreensível para seus clientes internos e externos.

Isso também contribui para que mais advogados invistam nessa mudança e cresçam em seu ramo de atuação.

Para esse processo, a inovação jurídica é imprescindível, contribuindo com processos mais otimizados e precisos, equipes mais dinâmicas, e maior satisfação ao seu público.

Quais os benefícios da inovação jurídica?

Trazendo diversos ganhos para o escritório, esse conceito entrega diversas vantagens quando aplicado na rotina.

Confira alguns desses benefícios:

Redução de tarefas repetitivas

A palavra-chave é automação: por meio da inovação jurídica, é possível reduzir tarefas repetitivas que não precisam mais ser manuais, como:

  • preenchimento de planilhas;
  • elaboração de relatórios;
  • respostas de e-mails;
  • envio de propostas.

Com o auxílio da tecnologia nessas demandas, o departamento jurídico pode direcionar seus esforços para outras áreas e trabalhar em atividades mais estratégicas.

Além disso, automatizar atividades repetitivas otimiza o tempo de trabalho e ainda reduz custos.

Mais dinamismo entre as equipes

A inovação jurídica permite uma maior integração entre as diversas áreas.

A aplicação da inovação nesse quesito traz a padronização de processos para um ritmo de trabalho mais fluido e, consequentemente, com menos retração.

Os times ficam alinhados, com mais espaço para compartilhamento de ideias e sugestões que trazem resultados benéficos para o escritório e para o cliente.

Métricas e previsibilidade

O uso de métricas para medir resultados traz insights valiosíssimos tanto para os advogados quanto para o cliente.

Algumas das métricas que podem ser analisadas são:

  • SLA;
  • taxa de sucesso de demandas judiciais;
  • número de vezes que o cliente faz contato;
  • tempo que os contratos levam para ser assinados.

Ao analisar essas métricas, é possível identificar pontos de melhoria e ter mais controle dos resultados.

Principais inovações e tendências de tecnologia jurídica

Estar sempre atualizado com as novidades e atualizações oferecidas ao setor jurídico é essencial na hora de implementar medidas inovadoras no seu ambiente de trabalho.

Confira algumas tendências que separamos para você ficar de olho:

Marketing jurídico

Desde 2021, após a aprovação do Provimento n° 205 pela OAB, é permitido que seja feito marketing jurídico na advocacia.

Seguindo todos os preceitos éticos e respeitando as diretrizes de reguladores como o Estatuto da Advocacia e o Código de Ética e Disciplina, os advogados podem fazer publicidade nos meios digitais.

Essa é uma mudança que foi essencial para atualizar o Direito no caminho das tendências tecnológicas, permitindo que o conteúdo desse ramo fique mais acessível e informativo para o público.

Automação de processos e contratos

Reduzindo o tempo desperdiçado em atividades que agora não precisam mais ser manuais, a automação de documentos é uma forte tendência da inovação jurídica.

Além de tornar o preenchimento e envio de processos e contratos mais eficientes e ágeis, investir nessa tecnologia contribui imensamente para o trabalho no escritório.

Isso porque, com menos profissionais envolvidos nesse tipo de atividade, é possível ter maior dedicação em outras áreas que demandam desempenho humano, como criação de melhores estratégias jurídicas.

Legal Design

Combinando o design com a experiência do usuário, o resultado é o Legal Design. O objetivo é criar documentos jurídicos focados pensando em quem vai lê-los. 

Aplicando essa tendência, é possível obter mais sucesso em demandas judiciais, melhorar a experiência do seu cliente, diminuir o famoso  “vai e volta de contratos” e ter um ciclo de vendas menor.

Legal Operations

Outra tendência de destaque é a aplicação do Legal Ops.

É o departamento de Legal Operations que cuida de demandas como:

  • planejamento estratégico do escritório;
  • gerenciamento financeiro e de projetos;
  • controle de indicadores (KPIs);
  • entre outras.

Usando diversas ferramentas para tornar o processo jurídico mais otimizado, o Legal Ops aumenta a produtividade e garante maior satisfação do cliente.

Se você ainda não aplica o legal design nos seus documentos, a Bits treina o seu time para que ele crie documentos que geram mais resultados. Clique para saber mais!

Conclusão

Com o avanço da tecnologia nas mais diversas áreas, no setor jurídico essas mudanças não seriam diferentes.

Por isso, é importante deixar de lado o conservadorismo e não ser como os advogados que negam a inovação; ela está aí e pronta para impulsionar quem mais souber aproveitá-la. 

Se você quer ser visto como inovador e atrair mais clientes, comece seguindo tendências com a aplicação do legal design nas propostas para seus clientes. 

Quer saber mais sobre inovação jurídica e outras novidades do setor? Então, continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro de tudo!

Se inscreva em nossa Newsletter

Marketing por

Veja também

Quer utilizar Legal Design na sua empresa?

Entre em contato conosco!

FOTO_04