Faturas de cartão com legal design podem reduzir o endividamento

Banco Central

Segundo uma pesquisa feita pelo Banco Central, faturas de cartão com linguagem simples podem reduzir o endividamento.

Um estudo divulgado pelo Banco Central mostra um pouco sobre o outro lado das informações mostradas de forma técnica e confusas. Essas informações estão sendo bem recebidas pelos seus usuários finais?

A pesquisa analisou se a alteração no layouts das faturas de cartão fariam com que as pessoas entendessem melhor e, com isso, poderiam tomar uma decisão mais consciente sobre o pagamento da fatura.

O objetivo é tornar as decisões financeiras mais conscientes e a diminuição de risco de endividamento.

No experimento, após os testes de faturas, a pessoas foram distribuidas em grupos e expostas a layouts de faturas diferentes. Uma com Legal design e a outra sem.

O resultado se baseou em soluções de acordo com a experiencia comportamental, mostrando que a reação do usuário está ligada a forma com que a informação é apresentada.

E afinal, o que é um bom layout?

De acordo com o experimento, documentos complexos e confusos fazem com que as pessoas tomem más decisões.

Nesse caso, a facilitação e simplificação das informações da fatura ajuda o usuário na decidir melhor se vai optar por crédito rotativo ou  parcelamento. Informações técnicas limitam a compreensão dos usuários e facilita o pagamento com juros de forma inconsciente, sem entender os riscos das decisões.

Um bom layout, uma linguagem simples e fluida e a redistribuição das informações agregam no entendimento do usuário final e facilita em uma tomada de decisão segura e consciente.

Segundo o estudo, as hipóteses levadas em consideração foram:

  1. Uso da linguagem simplificada e a reorganização das informações para desenvolver um melhor entendimento sobre informações usadas pelos usuários do cartão de crédito para tomar decisões sobre o pagamento;
  2. Tais modificações diminuem o tempo que os usuários gastam para encontrar as informações no documento;
  3.   Implicam na melhora da qualidade das decisões de pagamento (minimizam o pagamento de juros).

Desse modo, ao reorganizar as informações da fatura com a aplicação de design e escrita simplificada, percebeu que os usuários entenderam melhor os riscos e conseguiram tomar decisões mais seguras, reduzindo custos de juros e taxas que constantemente os consumidores se sujeitam.

Conclusão

O uso da linguagem simplificada e de um design bem feito pode mudar o rumo da sua história. A importância de simplificar e, cada vez mais, democratizar os documentos acarretam em inúmeros benefícios para todas as esferas. Uma comunicação clara faz com que todas as partes  alcance seus objetivos e ainda resulta em um documento carregado de uma boa experiência.

Se você quer aplicar o legal design nos seus documentos e não sabe por onde começar, o UX Doc pode te ajudar.

Com  esse software você pode criar seus documentos a partir de vários modelos que já tem disponível lá e sem necessidade de conhecimento de design.

Uma ótima experiência de texto, templates de documentos como contratos, procuração, termos de uso e outros para você fazer o visual law em poucos cliques!

Para mais dicas e informações, acesse o blog da Bits.

Se inscreva em nossa Newsletter

Marketing por

Veja também

Quer utilizar Legal Design na sua empresa?

Entre em contato conosco!

FOTO_04