Legal Operations: o que é e como está transformando os serviços jurídicos

Também chamado de Legal Ops, a área de Legal Operations cresce no ramo jurídico sendo um conjunto de atividades e profissionais que proporcionam a integração de pessoas, processos e tecnologias e, como o legal design, atua para oferecer um atendimento jurídico mais eficaz, humanizado e acessível.

Você sabe em que consiste o Legal Operations e a sua importância atualmente? É novo no assunto e quer saber mais sobre essa área?

A equipe Bits produziu esse conteúdo com as informações que você precisa saber acerca do Legal Operations e tira todas as suas dúvidas sobre o tema. Acompanhe abaixo e boa leitura!

O que é Legal Operations?

O Legal Ops pode ser sintetizado como as tarefas funcionais essenciais para o funcionamento de um escritório de advocacia ou uma consultoria jurídica, sendo responsável então pelo gerenciamento administrativo dentro do escritório.

É o departamento de Legal Operations que trata do planejamento estratégico do escritório, bem como o gerenciamento financeiro e de projetos, controles de indicadores (os KPIs), e demais atividades que possam tornar o atendimento da equipe jurídica ainda mais assertivo.

Assim, as funções do Legal Operations se concentram no administrativo, além de contribuir com o gerenciamento do controle financeiro, marketing, organizacional, e todas as demais áreas não jurídicas, usando de ferramentas que tornam todos os processos mais otimizados – para que a equipe de advogados do escritório possa se concentrar em oferecer o melhor atendimento jurídico para seus clientes.

O que é controladoria jurídica?

A controladoria jurídica é o departamento responsável por lidar com as burocracias e demandas jurídicas competentes ao escritório em questão.

É por meio dela que são controlados os prazos processuais, são obtidos e armazenados documentos importantes, é feita a coleta de estatísticas e dados relevantes, relatórios de trabalhos feitos pelo corpo de advogados que atua no escritório, e demandas nesse âmbito.

Olhando dessa forma, a controladoria jurídica se assemelha muito ao Legal Operations, certo? Mas eles têm suas diferenças. Vamos ler mais sobre elas?

Qual a diferença entre o Legal Operations e a Controladoria Jurídica?

Apesar de trabalharem com o mesmo propósito, que é garantir o pleno e eficaz funcionamento do escritório jurídico, o Legal Operations e a controladoria jurídica atuam em frentes diferentes.

Todas as atividades desempenhadas pela controladoria jurídica são relacionadas à condução dos processos judiciais ou administrativos dentro do escritório. 

Diferentemente de uma controladoria jurídica, o Legal Operations é uma divisão da organização interna para tratar de fluxos e processos internos. Sendo assim, o Legal Ops não necessariamente precisa lidar apenas com o viés jurídico.

O que é CLOC (Corporate Legal Operations Consortium)?

O CLOC é a organização jurídica americana, fundada em 2016, responsável pela criação e também por difundir o Legal Operations como conhecemos hoje. Essa organização já conta com mais de 2 mil membros em mais de 45 países. 

Na instituição do Legal Operations, foi a Corporate Legal Operations Consortium quem definiu que, para o melhor desempenho desse novo modelo de gerenciamento nos escritórios, o Legal Ops seria baseado nas 12 seguintes competências:

  • gestão financeira;
  • gestão de firmas e fornecedores;
  • tecnologias;
  • gerenciamento de projetos;
  • operações práticas;
  • governança de informação;
  • planejamento estratégico;
  • modelos de entrega de serviço;
  • gestão de conhecimento;
  • business intelligence;
  • otimização e saúde da organização; e
  • treinamento e desenvolvimento.

Vantagens em implementar o Legal Operations

Listamos abaixo algumas vantagens em adotar o Legal Ops para os processos de um escritório de advocacia; confira:

Otimização do trabalho

Com uma equipe direcionada diretamente para lidar com processos e demandas operacionais, o corpo jurídico do escritório não precisa se preocupar com outras atividades que não sejam de seu desempenho jurídico, podendo oferecer o melhor atendimento e soluções para as demandas recebidas pelos seus clientes.

Aumento da produtividade

Com os advogados focados em desempenhar apenas seu papel no Direito, com a equipe de Legal Operations gerenciando os demais processos do escritório, é possível contar com um aumento na produtividade, com o corpo jurídico mantendo o foco estratégico apenas na prática de suas funções.

Modernização de processos

Com a tecnologia complementando e acelerando trabalhos em diversas áreas, não seria diferente com o meio jurídico – e um departamento de Legal Operations contribui diretamente para essa evolução, modernizando as operações do escritório e usando ferramentas eficazes e mais rápidas de gerenciamento.

Se você quer garantir a transformação digital do seu escritório, clique aqui e conheça o jurídico digital da Bits Academy!

Trabalho mais eficiente

O Legal Operations trabalha com o suporte necessário para deixar o escritório de advocacia em questão ainda mais otimizado, para que as boas práticas jurídicas aconteçam ali, sempre com o objetivo principal de oferecer um serviço jurídico de qualidade, juntamente com processos eficazes e assertivos.

Satisfação do cliente

Assim como o Legal Design, o foco do Legal Operations é garantir a satisfação do cliente que busca por um serviço jurídico. 

Com uma equipe bem estruturada de Legal Operations, que inclusive pode trabalhar junto com profissionais de Legal Design, é possível organizar melhor informações, fazer uso de recursos visuais para documentos técnicos, e investir em demais ferramentas que garantem um serviço de qualidade para os clientes.

Por que investir na implementação do Legal Operations?

Além das diversas vantagens que o Legal Ops oferece para um escritório jurídico, listamos abaixo alguns motivos para você investir em um departamento de Legal Operations; confira:

Assertividade e alta performance

Com o Legal Operations, é possível contar com uso de ferramentas que possam garantir a automatização de tarefas, contribuindo para a produtividade da equipe.

Além disso, um departamento de Legal Operations ainda trabalha com tecnologias que auxiliam o corpo jurídico, contribuindo para a sua estratégia e performance no desempenho do Direito.

Leia também: Como inovar nos departamentos jurídicos.

Escalabilidade

Com a atuação do Legal Operations no escritório, cuidando da otimização e organização de todo o processo interno, os advogados que atuam ali conseguem atender um número maior de clientes, prestando um serviço de alta qualidade e sem impacto nas demais tarefas.

Redução de custos

Com as atividades otimizadas e bons processos rodando dentro do escritório, não só o tempo gasto com determinadas demandas diminui: os custos também, podendo ser investidos em outros segmentos na equipe. É um investimento para garantir maior retorno financeiro!

O Legal Operations é uma realidade que vem evoluindo de forma rápida no mercado jurídico. Não se adaptar a essa realidade é, definitivamente, uma desvantagem competitiva no mundo atual. Você está pronto? Clique aqui!

Conclusão

O Direito agora é uma área que se moderniza e inova a cada dia – e é importante estar em sintonia com essas mudanças, entendendo conceitos como, por exemplo, o Legal Operations, e as suas contribuições para uma equipe jurídica.

Quer saber de mais novidades que podem contribuir ainda mais para um funcionamento inovador e eficaz da sua empresa? Confira aqui o blog da Bits!

Se inscreva em nossa Newsletter

Marketing por

Veja também

Tendencias advocacia

Tendências na advocacia para ficar de olho

Getting your Trinity Audio player ready… Foto: Shutterstock Uma área que tem se modernizado cada dia mais é a do Direito: conhecida por ser pouco

legal design inovacao juridica

Legal Design: Maior Inovação Jurídica

O mundo jurídico enfrenta diversos desafios em meio a constante evolução da tecnologia, como o volume de informações, a diversidade de fontes emissoras, as inseguranças

Quer utilizar Legal Design na sua empresa?

Entre em contato conosco!

FOTO_04